Como ocorre a sinapse elétrica e a sinapse química? - Arte no Papel Online
Curso Farmácia Desafio Colaborativo Faculdade Farmácia Fisiologia humana
Como ocorre a sinapse elétrica e a sinapse química?

Como ocorre a sinapse elétrica e a sinapse química?

Curso Farmácia Desafio Colaborativo Faculdade Farmácia Fisiologia humana

DESCRIÇÃO

Como ocorre a sinapse elétrica e a sinapse química? 

Sinapses são as áreas entre os neurônios onde atuam os neurotransmissores que são mediadores químicos que podem transmitir impulsos nervosos de um neurônio para outro, ou de um neurônio para um músculo ou glândula. Uma sinapse é a conexão entre a extremidade de um neurônio e a membrana de outro neurônio. Eles estabelecem uma conexão entre células vizinhas e continuam a espalhar impulsos nervosos por toda a rede de neurônios, que se neurônios se comunicam entre órgãos humanos e o ambiente externo, o que ocorre por meio de sinais elétricos. O impulso elétrico viaja por todo o comprimento do neurônio, do corpo celular até o axônio, mas não pode passar de um neurônio para outro.


Existem dois tipos de sinapses: sinapses químicas e sinapses elétricas. As sinapses químicas são mais comuns em humanos e outros mamíferos. As sinapses elétricas são mais comuns em invertebrados. Em humanos, geralmente não aparecem nos neurônios, mas apenas nas células gliais ou musculares.


Existem dois tipos de sinapses (sinapses químicas e sinapses elétricas) 


As químicas são mais comuns em humanos e outros mamíferos. já as elétricas são comuns em invertebrados. Em humanos, geralmente não aparecem nos neurônios, mas apenas nas células gliais ou musculares.


Sinapse química


Essas sinapses começam nas extremidades dos axônios das células pré-sinápticas. As vesículas contendo neurotransmissores são liberadas na fenda sináptica e são reconhecidas por receptores químicos na membrana celular pós-sináptica. Eles então se fundem com a membrana e liberam seu conteúdo. A conexão química entre o neurotransmissor e o receptor do neurônio seguinte produz mudanças, e essas mudanças fazem com que os sinais elétricos sejam transmitidos.


Sinapse elétrica 


Nessas sinapses, sem o envolvimento de neurotransmissores, os sinais elétricos são transmitidos diretamente de uma célula para outra por meio de conexões de comunicação (gap junctions). Essas junções são canais para a condução de íons, e a resposta pode ser obtido quase imediatamente, o que significa que os potenciais de ação serão gerados diretamente.


Referencia bibliográficas 

https://brasilescola.uol.com.br/o-que-e/biologia/o-que-e-sinapse.htm

https://pt.khanacademy.org/science/biology/human-biology/neuron-nervous-system/a/the-synapse

https://www.infoescola.com/sistema-nervoso/sinapse-quimica/

https://www.todamateria.com.br/sinapses/#:~:text=Sinapse%20%C3%A9%20a%20regi%C3%A3o%20localizada,uma%20c%C3%A9lula%20muscular%20ou%20glandular.

Interação : 

Verdade minha amiga , as sinapses químicas são usadas para transmitir impulsos no sistema nervoso central humano. Eles sempre transmitem este sinal em uma direção (ou seja, “mão única.”). Eles geralmente ocorrem entre o axônio de um neurônio e os dendritos de outro neurônio.

As sinapses elétricas ocorrem quando os neurônios estão muito próximos uns dos outros e deixam o espaço intercelular. As unidades são acopladas entre si por meio de canais iônicos, que permitem a passagem de informações elétricas. Portanto, quando uma unidade percebe o potencial de ação, a corrente passa diretamente pela junção para chegar à outra unidade. Quando o impulso elétrico atinge o final da primeira célula, ocorre uma sinapse química, resultando na liberação de uma substância que passa pelo espaço entre as células e afeta o próximo neurônio.

As sinapses químicas são as mais comuns, mas as sinapses elétricas são igualmente importantes porque ocorrem no músculo liso e no músculo cardíaco. Nesses músculos, a contração ocorre como um todo e em todas as direções. Vale lembrar aqui que as sinapses químicas são unilaterais.



Concordo. Quando o potencial de ação, o impulso é Por meio de mensageiros químicos, que são neurotransmissores Ligando-se aos receptores (proteínas) na membrana pós-sináptica, o impulso é A transmissão em uma única direção pode ser bloqueada, em contraste As sinapses elétricas são muito mais lentas. Quase todas as sinapses no sistema nervoso central É químico. Por exemplo: neurotransmissor > histamina e acetilcolina.

0 AVALIAÇÕES:

Comentários