playstation 4

Visitados Recentemente

Como desenhar mangá anime Moe How to draw manga

Mangá é o nome dado às histórias em quadrinhos de origem japonesa. A palavra surgiu da junção de dois vocábulos: “man” (involuntário) e “gá” (desenho, imagem). Ou seja, mangá significa literalmente “desenhos involuntários”.
Embora as primeiras manifestações dos quadrinhos japoneses datem ainda do século XI, com caricaturas cômicas de animais chamadas “chôjûngiga”, foram necessários 600 anos para que o termo “mangá” efetivamente surgisse.

Foi em 1814 que o pintor Katsushika Hokusai lançou o primeiro encadernado contendo uma coleção de histórias com desenhos sequências. A série, que teve 15 volumes, foi batizada de “Hokusai Mangá”. A partir daí os quadrinhos japoneses passaram a ser chamados de “mangás”, no entanto, essa denominação seria consolidada somente no Japão pós- Segunda Guerra, já nos anos 1950, com as obras de Osamu Tezuka.

A forma atual dos mangás surgiu no início do século XX, sob influência de revistas e jornais comerciais ocidentais, vindas dos Estados Unidos e Europa, que traziam humor, sátiras sociais e políticas em curtas tiras de um ou quatro quadros.

Os mangás abordam todos os temas, como vida escolar, trabalho, esportes, amor, guerra, medo, literatura japonesa e chinesa, economia, finanças, e muito mais.

Os mangás são geralmente classificados de acordo com o seu público-alvo. As histórias que são feitas para os meninos são chamadas de shounen, como One Piece, Naruto e Bleach, por exemplo. Por outro lado, as histórias que visam entreter as meninas são chamadas de shoujo

MANGÁ é uma dessas palavras de origem nipônica que cada vez mais está sendo utilizada no quotidiano tupiniquim, que nem “sushi”, “origami” e “sashimi”. Poucos, entretanto, sabem definir o que precisamente é o MANGÁ.

A palavra MANGÁ é o resultado da união dos ideogramas MAN (humor) e GÁ (grafismo), sendo sua tradução literal para o português “caricatura”, “desenho engraçado”.

Como Desenhar MOE





















































































































































































































































































































































"Eu vivo em uma cidade sem um nome. Todas as noites me perco na escuridão de suas ruas. Vejo cenas animadas da realidade! "

Nenhum comentário:

Postar um comentário

type='text/javascript'/>