Contraceptivos e reposição hormonal Farmacologia Aplicada (Farmácia) - Arte no Papel Online
Aula Bioquímica Aplicada (Farmácia) Farmacologia Aplicada (Farmácia)
Contraceptivos e reposição hormonal Farmacologia Aplicada (Farmácia)

Contraceptivos e reposição hormonal Farmacologia Aplicada (Farmácia)

Aula Bioquímica Aplicada (Farmácia) Farmacologia Aplicada (Farmácia)

DESCRIÇÃO

Apresentação Contraceptivos e reposição hormonal

A contracepção pode ser utilizada como método profilático planejado (preservativos, espermicidas) ou método pós-coito para contracepção de emergência (pílulas contraceptivas orais). Entre os vários métodos, as pílulas contendo estrogênio e progestina associados são as mais usadas e demonstram ser o jeito mais eficaz entre as modalidades não cirúrgicas. Além de sua utilização como contraceptivos, a associação de estrogênio e progestina tem sido usada como terapia de reposição hormonal em mulheres na perimenopausa ou pós-menopausa.


Objetivo de aprendizagem, os diferentes tipos de métodos contraceptivos, o modo de ação e os efeitos adversos dos contraceptivos hormonais, assim como as ações farmacológicas e as precauções quanto ao uso da reposição hormonal.


Objetivo aprendizados:

  • Identificar os diferentes tipos de métodos contraceptivos.
  • Explicar o modo de ação e os efeitos adversos dos contraceptivos hormonais.
  • Descrever as ações farmacológicas e as precauções quanto ao uso da reposição hormonal.


Infográfico Contraceptivos e reposição hormonal


Embora apresentem sintomas semelhantes no período da perimenopausa até a pós-menopausa, a fisiologia e o manejo clínico diferem. Pequenas doses de contraceptivos orais constituem a base da terapia na perimenopausa, enquanto a terapia de reposição hormonal pós-menopausa tem sido um método comum para o alívio dos sintomas depois que a menstruação cessa (pós-menopausa).

Neste Infográfico, você vai ver os sinais e os sintomas da menopausa, assim como as informações sobre a terapia de reposição hormonal.​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​




Conteúdo Contraceptivos e reposição hormonal


Entre os vários métodos contraceptivos, as pílulas contendo estrogênio e progestina associados são as mais usadas e demonstram ser o método mais eficaz entre as modalidades contraceptivas reversíveis.A associação de estrogênio mais progestina também tem sido empregada na terapia de reposição hormonal em mulheres na perimenopausa ou na pós-menopausa.

Sobre os diferentes tipos de métodos contraceptivos, o modo de ação e efeitos adversos dos contraceptivos hormonais, assim como as ações farmacológicas e precauções quanto ao uso da reposição hormonal.


Dica Contraceptivos e reposição hormonal


Métodos contraceptivos são empregados para evitar gravidez e não existe um método melhor que o outro, cada um tem vantagens e desvantagens. Assim como também não existe um método 100% eficaz, todos têm uma probabilidade de falha. Dessa forma, um método pode ser adequado para uma pessoa e não ser para outra, por isso cada um deve escolher o método mais adequado para si.

Nesta Dica do Professor, você vai ver os diferentes tipos de métodos contraceptivos.


Na prática Contraceptivos e reposição hormonal


Os anticoncepcionais hormonais são os métodos contraceptivos reversíveis mais utilizados pelas mulheres brasileiras para o planejamento familiar. Os contraceptivos hormonais orais estão disponíveis em formulações contendo uma associação entre os hormônios estrogênios e progestogênios (pílulas combinadas) ou que contêm somente progestogênio (minipílula).

As interações medicamentosas podem influenciar na ação dos anticoncepcionais orais, diminuindo sua eficácia. É importante considerar as interações medicamentosas envolvendo os fármacos anticonvulsivantes usados por mulheres com epilepsia.

Neste Na Prática, você vai ver mais sobre esse assunto. 




Desafio Contraceptivos e reposição hormonal


O ovário, em geral, interrompe a sua função gametogênica e endócrina com o passar do tempo e essa alteração resulta na cessação do sangramento uterino: a menopausa, a qual é considerada como o fim da vida reprodutiva da mulher. Os sintomas mais frequentes durante a menopausa são os vasomotores, as alterações do sono, as alterações urogenitais e sexuais e as perturbações do humor, os quais interferem na qualidade de vida da mulher.

Veja o quadro clínico a seguir. 



Responda: Como proceder em relação ao tratamento da paciente e que outras medidas ela deve tomar contra a osteoporose?


Exercícios


1. Além de serem utilizados como contraceptivos na prática clínica, a associação do estrogênio mais progestina tem sido empregada na TRH em mulheres na perimenopausa ou na pós-menopausa; porém, vários estudos questionam os riscos e os benefícios associados à TRH.

Qual das afirmativas a seguir constitui uma justificativa para a associação da progesterona aos estrogênios na TRH?


A. 
Diminuir a ação do estrogênio na mama.


B. 
Diminuir a ocorrência de câncer de endométrio.


C. 
Aumentar a eficácia dos estrogênios no controle dos fogachos.


D. 
Inibir a reabsorção óssea.


E. 
Aumentar os benefícios da TRH em mulheres sem útero


2. Marli, uma bancária de 28 anos, procurou atendimento médico solicitando um método contraceptivo porque, apesar de casada há 3 anos, ela não pretende engravidar nos próximos 2 anos, pois primeiro quer terminar a faculdade. A paciente relata que tem antecedente de trombose venosa profunda e está fazendo uso do anticoagulante varfarina, e que desde o início da terapia anticoagulante vem apresentando sangramentos menstruais intensos.

Qual dos métodos contraceptivos a seguir é o mais adequado à paciente?


A. 
DIU liberador de levonorgestrel.


B. 
DIU de cobre.


C. 
Minipílula.


D. 
Pílula combinada.


E. 
Adesivos hormonais


3. Os anticoncepcionais orais são os contraceptivos hormonais mais utilizados e estão disponibilizados em formulações que contêm uma combinação de estrogênio e progestina, sendo denominada de pílula combinada, ou apenas progestina, denominada de minipílula.

I. As progestinas promovem o espessamento do muco cervical, retardam o transporte dos espermatozoides e induzem atrofia do endométrio.

II. As progestinas não interferem na ovulação, mas tornam o muco cervical mais espesso, dificultando a viabilidade e a sobrevivência dos espermatozoides, os quais não conseguem chegar às trompas para encontrar e fecundar o óvulo. 

III. Os estrogênios suprimem a liberação do FSH e, desse modo, contribuem para o bloqueio do pico de LH, estabilizam o revestimento endometrial e controlam o ciclo ovariano.

IV. Estrogênio e progestina agem combinados para alterar o endométrio, inibindo a implantação do ovo fecundado.

Com relação ao modo de ação das pílulas combinadas, assinale a afirmativa correta.


A. 
As afirmativas I, II e III estão corretas.


B. 
As afirmativas I, II e IV estão corretas.


C. 
As afirmativas II e IV estão corretas.


D. 
As afirmativas I, III e IV estão corretas.


E. 
As afirmativas II, III e IV estão corretas


4. Entre os diferentes métodos contraceptivos disponíveis, em geral, um método reversível de contracepção (pílula, preservativos) é preferível pelos casais quando comparado aos métodos irreversíveis (esterilização masculina ou feminina). Por outro lado, não existe nenhum método contraceptivo isolado ideal, pois a eficiência de determinado método de contracepção não depende apenas da eficácia do método, mas também da adesão e do cumprimento regular.

Com relação aos métodos contraceptivos citados a seguir, qual dele apresenta a vantagem adicional de proteção do usuário quanto às DSTs?​​​​​​​


A. 
Vasectomia.


B. 
Laqueadura tubária.


C. 
Diafragma.


D. 
DIU.


E. 
DIU de cobre.


5. 
Os contraceptivos hormonais são os mais utilizados pela maioria das mulheres por causa da eficácia e da facilidade de uso; porém, mesmo os anticoncepcionais com formulações com menor dosagem de hormônios não estão isentos de efeitos adversos.

I. Ganho de peso e retenção de líquido.

II. Manchas na pele e acne.

III. Depressão e irritabilidade.

IV. Náuseas.

Com relação aos efeitos adversos comumente observados com os contraceptivos hormonais orais, assinale a afirmativa correta.​​​​​


A. 
As afirmativas I, II e III estão corretas.


B. 
As afirmativas I, II e IV estão corretas.


C. 
As afirmativas II, III e IV estão corretas.


D. 
As afirmativas I, III e IV estão corretas.


E. 
As afirmativas I, II, III e IV estão corretas



0 AVALIAÇÕES:

Comentários

cookieIfy (2).txt Exibindo cookieIfy (2).txt…